Uma História de mais de 223 anos

O conhecimento da história da medicina é de fundamental importância para se entender as práticas médicas atuais. O pai da medicina, Hipócrates (460 - 350a.C), reconheceu três formas de cura, as quais chamou:

  • "contraria contariis curentur" a cura dos contrários curados pelos contrários, que mais tarde viria a ser chamado de Alopatia.

  • "similia similibus curentur" os semelhantes são curados pelo semelhantes, mais tarde serviria de base para a Homeopatia.

  • "vis medicatrix naturae" a força curativa da natureza.

Os caminhos de Hipócrates foram aperfeiçoados ao longo da história da medicina, entre outros, por Galeno, Paracelso e Thomas Sydenham, este o "Hipócrates britânico". A partir do século XVIII, duas correntes ficaram bem evidentes, o mecanicismo e o vitalismo.

O mecanicismo concebia o homem como uma máquina, a doença como um defeito e o médico com o trabalho de "consertar" esta máquina. Já o vitalismo se opõe à condição de homem-máquina, conservando a visão de totalidade do ser vivo e que viam a doença como um desequilíbrio de uma força imaterial que mantém a vida, a "força ou energia vital".

Para Hipócrates, o princípio da ética médica é, em primeiro lugar, não prejudicar o paciente. Porém, no século XVIII, isso era muito comum porque era uma medicina que causava sofrimento do paciente através de uma ação médica, também chamada, iatrogênica.

Neste contexto surge o médico alemão Samuel Hahnemann, que abandona a profissão médica, após exercer até os 34 anos, justamente por não concordar com os efeitos nocivos da prática médica de então.

Hahnemann então passou a traduzir livros até encontrar a obra do Dr. Cullen, sobre uma droga chamada quina e acabou por experimentar essa substância e observar nele mesmo os sintomas causados pela "intoxicação". Através dessa experimentação e muitas outras que se seguiram, sempre em indivíduos sadios, nasce a medicina denominada pelo médico de Homeopatia, medicina ela se baseia na cura pelo semelhante.

Em 1796 lança um artigo com os resultados destas experimentações, texto que marca o início da Homeopatia oficialmente. Foi a primeira vez na história que o médico se preocupou em documentar o que ocorria no organismo após ele mesmo ter ingerido determinada substância.

Organon da Arte de Curar surge em 1810, o livro referência pra quem se interessa pela homeopatia, com todos os fundamentos teóricos da nova prática médica. Organon, do grego, significa: instrumento.

Como qualquer humano que ousa fazer diferente e buscar novas alternativas para problemas antigos, Hahnemann foi alvo de perseguições, censuras, sendo obrigado a mudar de cidade várias vezes pra continuar seu trabalho. Sim, o tempo passa, mas as atitudes da humanidade seguem as mesmas...porque como na época atual os pensadores que buscam alternativas são taxados de loucos e sofrem retaliações.

Quando Hahnemann completou 80 anos sua esposa com quem teve 11 filhos faleceu. Nesta época uma francesa chamada Melanie que tinha tuberculose e foi curada após algumas semanas de tratamento com o médico, acabou por criar certa afinidade com o doutor, o que se transformou em casamento. Hahnemann aos 80 anos e Melanie com 30, mudaram-se para Paris onde a fama do mestre cresceu muito.

As curas espetaculares proporcionadas pelo novo sistema homeopático incomodava os médicos tradicionais que pediram ao ministro rei da França a proibição das suas atividades médicas. Em resposta, o ministro da França François Guizot escreve mensagem que, dois séculos depois, permanece atual:

"Hahnemann é um sábio de grande mérito. A ciência deve ser para todos. Se a homeopatia for uma quimera ou um sistema sem valor próprio, cairá por si mesma. Se for, ao contrário, um progresso, se estenderá apesar de todas as nossas medidas preventivas e a Academia deve desejá-lo antes de tudo, pois ela tem a missão de fazer avançar a ciência e encorajar os descobrimentos". A homeopatia se consagrou na França e se espalhou pelo mundo afora. Hahnemann trabalhou até sua morte em 1843, aos 88 anos.

Atualmente, somos mais de 200 milhões de usuários de homeopatia, que buscam tratar as causa e não as consequências das suas doenças. Uma medicina que trata do doente e não da doença. Uma terapia que promove mudança, bem estar, cura e principalmente uma vida de qualidade a seus seguidores. Seres vivos, sejam eles humanos, animais ou vegetais, todos recebendo os benefícios sonhados e concretizados pelo pai da homeopatia há 223 anos.

#VidadeQualidade #homeopatiasim #tratesecomhomeopatia #hahnemann

Fonte: As bases da homeopatia - Ruy Madsen, 2017.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
EMPRESA ASSOCIADA
REDES SOCIAIS
  • Facebook - White Circle
  • Instagram-icone
  • Twitter - White Circle

Farmácia Quíron Manipulação e Homeopatia  |  CNPJ: 01307152/0001-02

Farmacêutico Responsável Fabiano Suzin Lima CRF/RS 6796

Desenvolvido por agênciaMD